Imagem capa - 10 Dicas sobre Canela e Gramado por Isadora Regina Soares Dantas
Viagens

10 Dicas sobre Canela e Gramado

Durante os dias 08/07 á 13/07 eu e meu namorado estávamos viajando para Canela/Gramado, nossas mini férias! Planejamos esse viagem desde fevereiro, e tudo deu super certo! Resolvi separar algumas dicas para quem está pensando em incluir estas cidades como roteiro de alguma viagem, espero que ajude bastante!



1-Hotel, passagem

Compramos as passagens em fevereiro, e isso nos ajudou, pois conseguimos um preço bem em conta, somando as passagens mais as taxas ficou R$404 por pessoa, escolhemos a Gol e compramos direto pelo site mesmo.

O hotel escolhemos e marcamos através de uma agência chamada Bancorbrás, o Hotel se chama Continental, e fica situado bem na entrada de Canela, e é maravilhoso, ficamos muito felizes com a escolha e só temos elogios para ele.

Para ter uma ideia de preço é legal olhar no site booking.com.br (quando viajei para a Europa utilizamos ele para fazer todas as reservas)


2- Onde de hospedar, Canela ou Gramado?

Ficamos hospedados em Canela, e nosso critério de escolha foi por um lugar mais tranquilo, como Gramado é mais conhecida, tem muito mais turistas, optamos por Canela.

Canela realmente é mais tranquilo, e isso até nos prejudicou um pouco. Como queríamos almoçar e jantar todos os dias em lugares diferentes, em Canela foi um pouco difícil, pois a cidade é voltada apenas 50% para o turismo, então os lugares fechavam cedo, muitos não abriam todos os dias, não buscavam no hotel.

Quando formos novamente para a serra gaúcha ficaremos em Gramado, lá a cidade é voltada 90% para o turismo, então há muitas opções, não apenas de restaurantes, mas de lojas e lugares para passear.

3- Onde comer

Bom, a Serra Gaúcha é um lugar turístico, e como qualquer lugar com este título, as coisas tendem a ser mais caras, e isso inclui alimentação. Fiz um cálculo e gastei em média 70 reais por dia, com o almoço e jantar (com uma água como bebida na maioria dos dias)

Fiz algumas fotos de restaurantes legais que encontramos



Café da manhã no hotel.


Restaurante Ratatouille, fica dentro de uma galeria bem ao lado da Rua Coberta, comida caseira deliciosa, com massas caseiras feitas na hora, e suco de uva tinto integral também de fabricação própria, gostamos muito! Sem contar que o lugar é super charmoso. (Suco R$12 reais, e almoço por pessoa R$25)




Chocolate quente na Prawer, o primeiro chocolate artesanal do Brasil, e o melhor de Gramado. (R$14 reais)




Buffet de Sopas e Caldos do nosso Hotel, lá é de mais, indico para quem está procurando um Hotel em Canela, a noite, na área do bar, tem música ao vivo. Todos os ambientes muito agradáveis. (R$35 reais por pessoa no buffet de Sopas e Caldos)


Isso não poderia faltar, um jantar de sequência de fondue! Essa foto é apenas da entrada (os celulares e as câmeras acabaram a bateria todas no mesmo momento e só consegui essa foto), a entrada era fondue de queijo, com pão amanhecido, goiabada e batatinha como acompanhamento. Em seguida tivemos a tábua de mármore, onde assávamos a nossa própria carne (tiras de filé de frango, filé mignon, calabresa, e filé de porco) e muitos molhos gostosos! Por fim, como sobremesa, o fondue de chocolate Prawer, com muitas frutas (mas nessa hora eu já quase não estava mais aguentando comer), o restaurante que escolhemos foi o Vienna, em Gramado, fica em uma rua paralela a rua da Igreja Matriz. (R$49 por pessoa para a sequência de fondue)



4- Transfer Aeroporto de Porto Alegre-Canela

Essa parte merece uma atenção especial.

Ao sair da área de embarque do aeroporto, você encontra guichês de várias empresas que fazem este trajeto (com vans, micro ônibus e ônibus), e a cada 30 minutos tem algum transporte.

Pegamos uma empresa chamada Brocker, que nos levava até o Hotel Continental em Canela, o valor foi R$60 reais por pessoa.

Na volta fizemos com a mesma empresa, porém o valor foi mais salgado, R$80 reais por pessoa, e também nos buscava no hotel.

Entretanto, outras empresas fazem esse trajeto nos levando até a rodoviária de Gramado, ou Canela, cobrando em torno de R$40 reais, mais o taxi da rodoviária/hotel que sairia no máximo R$20 reais (as cidades são pequenas), poderíamos ter economizado uns R$40 reais por pessoa.


5- Leve dinheiro!

Mesmo sendo um lugar muito visitado, a serra gaúcha é formado por cidades pequenas, e bom baixo índice de violência, lá a maioria dos lugares não tem costume de usar cartão de crédito, ou parcelar. O ideal é levar dinheiro em espécie, ou cartão de débito (muitos passeios que fizemos só aceitavam dinheiro).





6- O que fazer?

Hahah, esse pergunta é importante e difícil! Lá tem MUITA coisa para fazer, e como íamos ter apenas 4 dias ‘’inteiro’’, já saímos de casa pensando o que não poderia faltar na nossa viagem.

Escolhemos para os dois primeiros dias passear com Bustour, um ônibus estilo os que tem nas cidades turísticas na Europa, em que você paga por quantos dias quer utilizá-lo (escolhemos por 2 dias, R$89 reais), e o mais interessante dele é que, além dele passar por quase todos os pontos turísticos das cidades de Canela e Gramado, você pode desder e subir a hora que quiser! Funciona assim: ele passa em cada ponto turístico de 40 em 40 minutos (aproximadamente), então você consegue descer em algum lugar, passear, e depois pegar o ônibus novamente para visitar outro lugar! Quando você compra ele te dão um mapa, onde falar os horários e a ordem do trajeto do bustour, para nós valeu muito a pena.

Sábado- Nosso primeiro dia choveu o dia inteiro, então tivemos que descer em lugares cobertos (mas mesmo assim tivemos que comprar um guarda-chuva), primeiro demos uma volta inteira em todos os pontos com o ônibus, depois descemos para almoçar, depois do almoço passeamos na rua coberta, na Igreja Matriz de Gramado, na Fonte do Amor Eterno (colocamos nosso cadeado lá <3), depois fomos na Cristais de Gramado e assistimos a fabricação de uma peça (muito legal!) e fizemos nossa fotos em 3D no cristal! Depois fomos a algumas lojas, fomos na Prawer chocolates, no Mundo do Chocolate (caminhamos muito esse dia).

Domingo - O dia começou lindo, estava sol, fomos primeiro no Lago Negro, um lugar que desejávamos ir muito, demos uma volta no parque, andamos de pedalinho em formato do Cisnei, foi delicioso (R$20 reais o pesseio de Cisnei). Em seguida pegamos o bustour e fomos para a Snowland, que lugar incrível!! Eu queria muito ir, o Daniel não muito, pensei até na hipótese de não ir mais, porque além do preço ser alto, ainda todos nos falavam que tinha muita fila.. Ok, pensamos juntos e resolvemos encarar mesmo assim, e digo, valeu a pena! Ficamos de 11 da manhã até as 16:50, e se eu não estivesse com tanto frio nem tinha embora mais! Haha

Vou dar algumas dicas, vá muito agasalhado, lá dentro faz -5 graus, e mesmo com as roupas térmicas você passa frio. (isso inclui ir com duas meias e levar sua luvinha também).

Pagamos o pacote básico de R$139 reais, porém se você quiser esquiar ou fazer snowboard esse valor dobra! Optamos por não fazer, e foi tão legal quanto. Lá dentro tivemos alguns gastos como:

Alimentação- R$23 reais

Fotos- R$15 reais

Chocolate quente: R$10 reais

Armário para guardar a bolsa: R$25 reais (achei um absurdo)

O bustour é da agência Brocker turismo, você pode comprar ele dentro dele mesmo, na agência, ou no hotel, o nosso vendia também, todos os lugares o preço é o mesmo.

Segunda- Sempre perguntávamos para os recepcionistas o que eles tinham de sugestão de passeios e tal, um dia eles falaram de um passeio que a GA turismo fazia, que andava de Maria Fumaça, visitava uma vinícula, ia para Bento Gonçalves (cidade que inicialmente íamos ficar), tinha degustação de queijos e vinhos (mas dai eu tomava suco de uva mesmo haha), e ia na Epopéia Italiana (não gostamos, e foi mais R$25 reais)  por um preço mais em conta do que tínhamos visto com a Brocker (Brocker era R$309 com a Maria Fumaça e almoço, GA era R$195 com a Maria Fumaça, o almoço, e ainda ganhava um city tour nos principais pontos de Canela e Gramado)

Terça- Visitamos o que havia faltado, com o city tour da GA, o Mini Mundo (em  Bruxelas, na Bélgica tem, porém quando eu fui a fila estava imensa e acabamos não indo, mas em Gramado consegui ir e foi lindo, gostei muito! Foi R$28 reais, só aceitava cartão de débito e dinheiro). 

Desmo uma passada no Mundo a Vapor (R$12 reais) não achei muita graça, o Daniel gostou muito. Lá dentro tiramos uma foto antiga linda! (R$35 a foto antiga). Fomos na Cascata do Caracol pelos bondinhos, R$35 reias aproximadamente, mas acredito que teria sido mais legal se tivéssemos ido pelo parque mesmo, a Cascata fica muito longe se for pelo bondinho.





7- Quando ir.

Optamos por ir nas férias de julho pois pensamos que lá por ser um lugar naturalmente mais frio, deveria ter mais atrações, mas tivemos alguns contratempos por isso. O inverno na serra gaúcha é muito úmido, pegamos dias extremamentes chuvosos! Acredito que o  verão deve ser bom, mais seco, e uma das grandes atrações do ano é o Natal Luz de Gramado! 


8- Não deixe de:

Comer  sequência de Fondue

Comer chocolates artesanais

Tomar Chocolate Quente

Visitar o Snowland

Ir ao Lago Negro

Ir ao Mini Mundo

Tomar suco de uva (ou vinho haha) e comer queijos!


9- Gramado e Canela são incríveis para levar a família toda! Percebemos que havia muitas famílias lá, muitas crianças e então ficamos observando... Todos os lugares são bons para as crianças, tem muitos parques, museus e atividades mesmo para a criançada, no nosso hotel mesmo, tinha um prédio só para as crianças, em que monitores ficavam elaborando atividades o dia todo! 

Eu e o Daniel optamos por fazer passeios mais da cidade mesmo, não fomos em nenhum museu (lá tem o museu de cera Dreamland, tem o super carros, carros antigos, entre outros) e tem os parque que também não fomos, mas parecem ser bem legais para as crianças como o Alpen Parque e o Terra Mágica Florybal!


10- O que levar para a temporada de inverno

Não esquecer de levar, touca, luvas, guarda-chuva, protetor labial, cachecol muitas roupas de frio! Teve dia que fez 4 graus a hora que acordamos.

Se possível levar carregador de bateria portátil, eu não levei o meu e me fez falta alguns dias, pois ficávamos o dia todo fora.

Levar calçados confortáveis e quentinhos


Espero que vocês gostem das dicas <3