Imagem capa - Minha Primeira vez na Disney!  por Isadora Regina Soares Dantas
Viagens

Minha Primeira vez na Disney!

Oi gente! Já faz algum tempo que estou ensaiando para fazer um post para vocês sobre a primeira vez que estive nos Estados Unidos, mais precisamente em Orlando-FL. 

Estive lá em no começo de junho de 2018, e posso dizer que essa viagem me surpreendeu muito! Sempre tive vontade de conhecer os parques da Universal e principalmente da Disney, e confesso que foi muito mais do que eu esperava <3 

Viajei com a minha tia e minha prima, para comemorar os 15 anos da minha prima. Tudo começou com o convite para participar desta viagem, já fiquei muito feliz e ansiosa, pois este era o meu sonho desde pequena. Gosto MUITO de todos os filmes da Disney, inclusive sei a fala de filmes inteiros como Rei Leão haha. 

Quero contar para vocês como foi a parte do planejamento, da viagem em si e também um pouco das minhas impressões. O que mais me motivou a escrever este post foi com certeza a minha adoração em ler relatos de viagens, principalmente quando estou planejando as minhas. 




Comprando as passagens e escolhendo o hotel

As passagens foram compradas com milhas (já contei sobre isso em outro post). Não viajo tanto quanto gostaria, mas quando faço normalmente as passagens são compradas com milhas acumuladas de outras viagens e de compras com o cartão de crédito. 

Esta compramos passagens de Maringá até o Rio-Santos Dumont (com escala em São Paulo-Congonhas), e do Rio-Galeão até Orlando (com escala em Atlanta). O trajeto de Santos Dumont ao Galeão pegamos um ônibus no próprio aeroporto. Fizemos isso por causa do valor das passagens que estava mais barato pelo Rio de Janeiro, mas acho que o valor não compensou a viajem, pois no total passamos por 6 aeroportos tanto na ida quanto na volta, por causa das escalas, foi bem cansativo. 

O hotel foi escolhido pelo custo benefício, normalmente viagens a turismo a gente não fica no hotel, apenas vai lá para dormir, então não compensa ficar em um hotel cheio de coisas que não vamos usufruir. Escolhemos o hotel Quality Inn at International Drive, um hotel em um bairro muito tranquilo, com muitos restaurantes, farmácias e mercado próximos. Ele tinha quartos bem confortáveis, oferecia um café da manhã simples e tinha ônibus de nos levava e buscava todos os dias no parque, e o preço foi excelente para todas as vantagens. 

Alugar ou não carro

Essa era uma questão que me deixava apreensiva. Orlando não é um a cidade com transporte fácil para pedestre, a cidade foi feita para se andar de carro! Tudo o que eu pesquisava deixava cada vez mais claro isso, os ônibus demoram a passar, metrô só vi no aeroporto, até a calçada era pequena e isso me deixou um pouco ansiosa. Tenho um pouco de medo de alugar carro em outros países, do mesmo jeito que tem pessoas que adoram e indicam também tem pessoas que contam histórias péssimas. 

Fomos sem alugar carro, escolhemos um hotel que fazia o nosso deslocamento para os parques e quando fomos aos shopping, outlets e mercado utilizamos Uber e foi uma ótima experiência! O valor saiu bem em conta para nós, e posso dizer que deu tudo certo e provavelmente eu faria isso de novo! hehe porém um lembrete é válido, o Uber nos Estados Unidos, até a data que eu fui, só aceitava cartão de crédito vinculado ao aplicativo. 


Quantos dias ficar

Nós fizemos uma viagem de 8 dias, porém na próxima vez que eu for ficarei no mínimo 10 dias! Os parques são incríveis e para vocês aproveitar tudo vai andar mais de 15km por dia, o que torna a viagem extremamente cansativa, ainda mais se você for no verão. Eu andei aproximadamente 70km nesses dias de viagem :O 

Portanto eu indico fazer intervalos entre os dias de parque, e digo que outlet não são dias de intervalo, porque você anda muito também! hehe, Planeje um viagem com calma se possível, com dias de descanso e deixe uns dias bônus para ir a um parque que gostou mais de uma vez. 



Escolha os parques (e tudo possível) com antecedência

São muitos parque que os complexos Disney e Universal possuem, acho que tudo que é feito com antecedência tem menos chance de dar errado ou pelo menos não te faz ficar tão ansioso, então aconselho fazer as escolhas dos parques com antecedência. Eu adoro viajar com roteiros, isso me dá a sensação que estou aproveitando mais meu tempo em viagens.

Nós compramos os ingressos em uma agência aqui no Brasil, o valor não era tão diferente quanto no site americano, mas aqui é possível parcelar e também te dá a segurança de que está "tudo pronto" e é só utilizar quando chegar lá. Lá tem uma fila diferente para quem ainda não tem os ingressos, então isso te ajuda também na hora de não enfrentar mais filas.